terça-feira, 25 de novembro de 2008

Isto és tu.


A letra
o timbre do meu desenho
suspiro de todo o riso
os sete e as madrugadas
todas as minhas flores
o exagero da minha pequena loucura
a vaidade do meu sapato
o frio que me aquece
o frio que me aqueceu
Isto és tu
Este sou eu.

3 comentários:

Anónimo disse...

Gosto!!

Simplicidade, pode ser e e' uma virtude!!

;D

Anaisaa

raquel power disse...

ADOREII Paulinho!! sim sr temos poeta LOOOL

continua :)

bjoka*

Anónimo disse...

nao qero ser de intrigas, mas eu nao me acredito.